20 fevereiro 2006

Poder Econômico

A questão maior é com certeza o que é o poder? O dicionário Aurélio traz algumas definições, como: 4. Estar arriscado ou exposto.; 6. Ter o direito ou a razão. Numa busca por sites de procura, como o google, por exemplo, encontrei a “Poder Econômico na mídia” discorre justamente sobre as influências em tais meios.
Neste artigo, Emir Sader, enfatiza que “um aspecto determinante no caráter contraditório da formação da opinião pública brasileira está na natureza ao mesmo tempo pública e privada da grande imprensa no nosso país”. O que o Emir quis dizer com “caráter contraditório”? O papel é essencial da grande imprensa é a formação de opinião. Esta é uma ferramenta importante no processo de “socialização” da informação para leitores, ouvintes, telespectadores, e mais recentemente “internautas” ou “usuários” da internet.
Daí vem o caráter público deste meio. Porém, tal meio, é formado por empresas privadas, ou seja, empresas capitalistas que buscam lucros. Ainda segundo Emir, é isso que “contamina e, de certa forma, desvirtua a função pública da grande imprensa”. Se as empresas buscam lucros, é pela publicidade que irá conseguir boa parte. Então o ciclo de poder começa a se esclarecer. Acima há a definição de poder como capacidade de levar as pessoas a fazer coisas. Ora, essa á a essência da publicidade, persuasão pode ser a palavra mais adequada.
Portanto, podemos dizer que o ambiente da informação, os formadores de opinião, são influenciados diretamente pelo poder econômico do sistema capitalista, e que tal poder é conferido pela publicidade?

0 Comentários:

Postar um comentário

<< Home